quarta-feira, junho 21

Damn And In Love Cap 3 - Dream or not ?



Nem abri os olhos ainda e já posso imaginar o quão lindo e agradável está o dia lá fora, fiquei pensando por longos minutos, eu geralmente sonho todas as noites dormi tão bem assim? Aponto de nem ter sonhado.
Logo levantei-me, fiz minhas higienes matinais, permaneci de pijama mesmo... já passava das 9:30 o que é estranho.. mamãe já deveria ter vindo me chamar para alevantar, ela odeia que eu levante tarde...Mais eu sei que isso é só uma desculpa ela não gosta é de ficar sozinha ...  

Fui checar, passei por todos os cômodos e não avistei ninguém me direcionei a cozinha e lá estava meu café da manhã  prontinho seguido de um bilhete:

“Bom dia Querida, saímos bem cedo para resolver algumas coisas pendentes referente a mudança, estaremos em casa para o almoço.
P.S Você cozinha hoje hehe aproveite e o café da manhã, beijos mamãe. ”

Não demorou muito para eu acabar com o café da manhã, limpei tudo e subi me trocar. 
Estava ansiosa para espicular a vizinhança principalmente a floresta,não sei por que mais amo florestas... Paisagens... Cachoeiras.
Botei um vestidinho rodado bem leve, deixei os cabelos soltos, peguei meu celular acompanhado dos fones e eu tinha mesmo razão está mesmo um belo dia pensei já saindo de casa, segui em frente admirando tudo... as casas, as crianças brincando.

Passados uns 20 min de caminhada finalmente cheguei aonde eu queria...
Era como se eu já tivesse estado ali antes... me sentia tão viva... sentei em frente ao belo lago,embaixo de uma arvore grande e ali fiquei por longas horas observando cada detalhe... as pessoas correndo com seus cães, namorados passeando, um grupo de velhinhos jogando xadrez... Crianças alimentando os pássaros... A praça era tão bem cuidada.
Estava começando a ficar com fome, e foi aí que lembrei que fiquei de fazer o almoço, como eu pude esquecer... alevantei-me e fui em direção a floresta vi que tinha um atalho que me deixaria bem na rua de casa.
 Já passavam das 11 horas e eu ainda estava no meio da floresta, me negava a pensar que estava perdida, seguia sempre em frente, cerca de 1 hora depois eu passei ao mesmo lugar pela 3 vez

  • (Eu)- Mas que Droga! Não acredito que estou andando em círculos...

Continuei seguindo desta vez para o outro lado.... Sem sucesso... quanto mais eu andava, mais eu me perdia então parei de andar e sentei em uma pedra qualquer estava com sede, peguei o celular para ver a hora e já eram 3 horas da tarde guardei o celular e fiquei encarando a floresta por longos minutos até que lembrei.
  • (Eu)-Meu Deus como eu sou burra, como não pensei isso antes? O celular. Disse para mim mesma rindo da minha tolice, peguei o celular e sem sinal, chequei tudo para ver se não tinha um mapa...alguma coisa que pudesse me ajudar... e nada...meu celular já estava em 15% de bateria então comecei a entrar em desespero.


  • (Eu)- SOCORRO! ALGUÉM POR PERTO? Gritei  desesperadamente várias vezes até ficar sem voz.. 

Já eram 6 horas... eu estava chorando ainda perdida na floresta...com sede, com frio, com fome, e já estava anoitecendo.... Maldita hora que eu fui inventar de pegar aquele atalho... A minha família deve estar histérica atrás de mim, já devem ter chamado polícia e tudo e isso me conforta um pouco.

Olhei para aquelas grandes altas arvores e tive mais uma ideia.... Me apoiei no troco de uma alvore e fui subindo para cima me apoiando nos galhos na tentativa de conseguir algum sinal, quando estava um pouco abaixo do topo consegui um ponto de sinal no mesmo instante só ouvi o barulho do galho quebrando e eu fui direto para o chão tudo ficou escuro. 

Horas depois ....

Me acordei no meio da floresta... Fria, úmida e escura... tentei me levantar mais uma dor terrível na cabeça me impediu botei a mão na mesma e como eu previa estava sangrando, ignorei e me levantei com um pouco de dificuldade... a última coisa que lembro foi que eu estava no topo da arvore tentando pegar sinal... logo uma voz conhecida me chamou atenção...é como nos meus sonhos... será que eu só estou sonhando? Sonho ou não a dor é bem real.. 
  • - Você não deveria estar aqui.  
Eu não conseguia enxergar  nada, mas corri em direção a voz...
Não sabia quem era e mesmo assim não consegui evitar a minha reação de alivio, quando vi já estava abraçando-o, me sentia segura dentro daquele abraço...
  • - Você está sangrando Julia!


Como ele sabe meu.... Antes mesmo que eu pudesse pensar ou perguntar uma dor forte tomou conta de mim e uma imensa escuridão me invadiu. 

     E ai? Quem será que é? Será mesmo que tudo é um sonho? Ou aconteceu mesmo? 
    Vou deixar vocês com essa pulga atras da orelha essa semana ahaha
  Quero comentários em! 
nada melhor que um incentivo pra continuar escrevendo não acham?
 #5_comentários e postarei o próximo capitulo.


                      Quer continuar imaginando? Então acesse os links abaixo!

  bjus amoras e amores  hehehe  <3 


2 comentários:

  1. To achando que é um sonho hein. To ansiosa para o encontro dela com o JB, continua!

    ResponderExcluir